Unidos pelo carnaval de Brasília

 

Escolas de Samba do DF preferem desfile no centro da capital

 

A partir de sábado, dia 8 de fevereiro, começa o carnaval em Brasília. Foi divulgada na quarta-feira (29) a programação oficial das festas deste ano. Serão 21 desfiles de blocos tradicionais e mais 21 escolas de samba na Passarela da Alegria, no estacionamento do ginásio Nilson Nelson. O primeiro bloco se reúne no dia 8, às 16h, na Orla do Lago, próximo ao Lake Side. Na passarela, a folia tem início às 20h. Ambos encerram às 4h.

São esperadas 500 mil pessoas nas ruas do DF, 100 mil a mais que no ano passado.Todo o carnaval terá investimento de R$ 13,1 milhões, sendo R$ 5,9 milhões para as agremiações, R$ 1,6 milhão para os blocos tradicionais, R$ 5 milhões para a estrutura e R$ 650 mil para outras contratações artísticas.

Passarela da Alegria

Mesmo ficando longe do grande público, as escolas de samba do DF preferem que o desfile aconteça no centro de Brasília, em vez do Ceilambódromo.  No primeiro ano na Ceilândia, o desfile das escolas bateu recorde de público, com 56 mil expectadores.  Já nos arredores do ginásio Nilson Nelson, ano passado, o número caiu para 8 mil foliões.

Para o secretário de cultura, Hamilton Pereira, é uma questão de costume. “Cultura é calendário. A Ceilândia recebeu o carnaval por oito anos consecutivos e por isso a comunidade abraçava a ideia. Centralizar o desfile é dar oportunidade para mais gente. Com o tempo, teremos mais público na Passarela da Alegria do que no Ceilambódromo”, acredita.

Catorze das vinte agremiações votaram pela permanência do carnaval no Plano Piloto, enquanto apenas seis preferiam voltar à cidade mais populosa do DF. Mesmo sendo ceilandense, Geomar Leite, presidente das escolas de samba de Brasília, é a favor da democracia. “Este ano vai ser melhor! O ano passado o público foi baixo porque a divulgação aconteceu três dias antes. Agora, com mais de trinta dias para o povo se programar, acreditamos que terá ainda mais gente nas ruas”, diz, empolgado.

Deixe um comentário