Temer monta bunker no Jaburu

 

Homem instala arame farpado ao redor do Palácio do Jaburu
Ação excessiva indignou turistas que visitam Brasília
Cena chamou a atenção de quem passava pelas imediações do Palácio
navigate_before
navigate_next

A Presidência da República está montando grandes bloqueios nas imediações dos palácios da Alvorada e do Jaburu. O primeiro, residência oficial do mandatário da Nação, tem sido utilizado por Michel Temer para reuniões de trabalho, principalmente nos fins de semana. Mas é no outro, por opção da primeira-dama Marcela, que a família Temer reside.

Não bastassem mais obstáculos nas vias próximas aos dois palácios, onde foram colocados cones e outras barreiras para impedir o acesso de carros, desde segunda-feira (16) estão sendo afixados rolos de arame farpado por cima do alambrado do Palácio do Jaburu.

A leitora Bibi de Oliveira, que costuma praticar caminhada nas imediações da residência oficial de Temer, assustou-se com as novas medidas adotadas pela Presidência da República. Com o celular, ela fez fotos da cena e encaminhou ao Brasília Capital junto com o questionamento: “Isto não é um desrespeito ao tombamento de Brasília?”.

No meio da manhã de terça-feira (17) a reportagem foi abordada pelo turista baiano Luiz Filho, também indignado com o que considera excessos de segurança nas imediações dos dois monumentos. “A gente vem de longe para ver as belezas da Capital da República e acaba impedido de chegar perto por causa de um presidente que parece ter medo de povo”, desabafou.

Em nota, o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI) confirma o reforço das cercas e informa que o procedimento faz parte da manutenção periódica da segurança das instalações dos Palácios e Residências Oficiais.

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional  (Iphan) respondeu que “o arame não afeta em nada o patrimônio tombado e nem é preciso pedir autorização do Iphan para isso”.

Deixe um comentário