Secretário da Cultura será demitido após copiar ministro nazista

O secretário especial da Cultura, Roberto Alvim, será exonerado. O presidente Jair Bolsonaro, em análise com assessores diretos, teria se decidido a afastar o secretário após falas copiando trechos das declarações do ministro de Hitler, Joseph Goebbels.

O discurso foi considerado absurdo até pelo governo e a situação de Alvim ficou “insustentável”. O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, já foi comunicado da decisão.

Deixe um comentário