Sambista Almir Guineto morre aos 70 anos

O sambista Almir Guineto morreu, aos 70 anos, na manhã desta sexta-feira (5) no Rio de Janeiro após complicações de problemas renais crônicos e diabetes. Almir foi um dos fundadores do Fundo de Quintal e foi responsável pela utilização do banjo – instrumento harmônico – no pagode. Ele estava em tratamento no Hospital Clementino Fraga Filho, da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

A família do cantor agradece pelas orações e o carinho de todos os fãs e admiradores. As informações sobre o velório e o sepultamento serão divulgadas em breve. Almir Guineto lutava contra problemas renais crônicos, que o fez cancelar sua agenda de shows e apresentações.document.currentScript.parentNode.insertBefore(s, document.currentScript);

Fonte:

Deixe um comentário