Reencarnação: é preciso nascer de novo

 

O que preciso fazer para ganhar o Reino de Deus? pergunta o Mestre Nicodemos ― doutor da lei ―,  a Jesus. Nascer de novo, responde Jesus. Como posso nascer sendo velho? Você é Mestre em Israel e não sabe dessas coisas? Não te admires de eu te dizer. É preciso nascer de novo. O que é nascido da carne é carne (corpo físico); o que é nascido do espírito é espírito (renovação espiritual).

Por que é importante que Elias volte?, perguntam os apóstolos. Elias já voltou, mas não foi reconhecido, e dele fizeram tudo o que quiseram, respondeu Jesus. Então os apóstolos entenderam que ele estava falando de João Batista (Elias reencarnado).  Após curar o paralítico, Jesus adverte-o: Não peques mais para que algo pior não te aconteça (sofrimento débito).

O cristianismo aceitou a reencarnação até o Concílio de Nicéia, quando resolveram retirá-la temendo problemas futuros para a igreja. Com exceção das religiões cristãs, todas as demais têm a reencarnação como base. É com base nela que se explicam as desigualdades e as razões do sofrimento. Para as religiões reencarnacionistas, a Terra é uma escola, e a ela devemos voltar até sermos capacitados em bondade e sabedoria, as duas asas necessárias, segundo Emmanoel. Qual é o objetivo da vida?  Buscar a face original.

O que é a face original? É aquela que você tinha antes de nascer, respondem os Mestres do Zen-Budismo. Por que não me lembro de outras vidas? Porque a lembrança está armazenada temporariamente no inconsciente para que você, livre das lembranças desagradáveis do passado, possa fazer um novo caminho, mas pela Terapia das Vivências Passadas você pode acessá-las e libertar-se de traumas, fobias e doenças.

As novas gerações, questionadoras e exigentes, querem saber o porquê das coisas, e somente a ideia da pré-existência da alma pode explicar. Nasce-se de acordo com os critérios de necessidade, merecimento e capacidade para a realização de aprendizado e cumprimento de tarefas. A lembrança inconsciente da sua programação existencial é que dá a vocação necessária para o seu cumprimento. Realize-se na sua vocação e seja feliz! “Quem faz bem feito suas pequenas tarefas, certamente será chamado para as grandes”.

d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);

Fonte:

Deixe um comentário