Planetário de Brasília completa 40 anos

O Planetário de Brasília completará 40 anos neste sábado (15), e para comemorar a data serão oferecidos oito dias de programação especial. O público terá acesso a novas sessões na cúpula de projeção, palestras, cursos e uma exposição inédita sobre astronomia.

 

Serão exibidas sessões comentadas especiais com o equipamento de projeção original do Planetário, o SpaceMaster. Paralelamente, entra em cartaz um novo filme, “Dois Pedacinhos de Vidro”, para exibição, nos dias 15, 16, 22 e 23 de março, com o projetor Power Dome VIII, o novo equipamento instalado no Planetário.

 

Nos demais dias de comemoração, as sessões abertas e agendadas exibirão apenas o novo filme. Ao longo da programação, haverá palestras gratuitas abertas ao público sobre diferentes aspectos da astronomia, e outras, específicas, para estudantes das redes pública e particular.

 

O público passará a ter acesso a uma nova exposição com material do Observatório Europeu do Sul (ESO), organização intergovernamental focada no desenvolvimento da astronomia.

 

Caso as condições de tempo estejam favoráveis, com o céu aberto, o Clube de Astronomia de Brasília (Casb) promoverá sessões de observação noturna nos dias 15 e 22 de março, a partir das 19h. A participação respeitará a ordem de chegada do público.

 

O calendário comemorativo foi elaborado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Distrito Federal em parceria com a Fundação de Apoio à Pesquisa do DF, a Agência Espacial Brasileira, o Clube de Astronomia de Brasília e professores da Universidade de Brasília.

 

INVESTIMENTO – Reinaugurado em 11 de dezembro de 2013, o Planetário de Brasília já recebeu 20 mil visitantes apenas na cúpula de projeção. A obra teve um investimento de R$ 13,4 milhões – desse total, R$ 3,4 milhões foram aplicados em equipamentos, e R$ 10 milhões foram investidos na recuperação do prédio.

 

A entrada é franca. Para as sessões na cúpula de projeção é cobrada a taxa simbólica de 1kg de alimento não perecível por pessoa, sendo que crianças até 3 anos não pagam. Além das sessões abertas, o monumento também oferece apresentações agendadas para escolas particulares, públicas e instituições.

Fonte:

Deixe um comentário