PF cumpre mandados de prisão contra fraudes na Receita

Foto: Arquivo/Agência Brasil

A Polícia Federal (PF), juntamente com o Ministério Público Federal (MPF), cumpre nesta quarta-feira (2) nove mandados de prisão preventiva e cinco de prisão temporária contra auditores e analistas da Receita. 

O alvo principal foi o supervisor nacional da Equipe Especial de Programação da Operação Lava-Jato, o auditor Marco Aurélio Canal. De acordo com as investigações, ele é apontado como chefe da quadrilha.

Segundo a polícia, a investigação começou depois que um colaborador da Lava Jato foi requisitado a pagar suborno a fiscais da Receita, para que não fosse autuado. A partir desse fato, a Polícia Federal identificou patrimônios dissimulados e o uso de informações privilegiadas para beneficiar terceiros.

Além disso, os agentes cumprem outros 39 mandados de busca e apreensão, todos expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio, na operação que é chamada de Armadeira.

Deixe um comentário