Pesquisa: Bolsonaro congela e Haddad cresce

Nova pesquisa de intenção de votos divulgada pelo Blog do Noblat nesta segunda-feira (24). O levantamento traz Jair Bolsonaro (PSL) com os mesmos 33% da última semana contra 23% de Fernando Haddad (PT) – que cresceu sete pontos percentuais no mesmo período. A pesquisa completa será divulgado ao longo desta segunda.

O Blog do Noblat, no entanto, adianta que Ciro Gomes (PDT), que tinha 14% de intenções de voto, caiu para 10%. Geraldo Alckmin (PSDB) passou de 6% para 8%. E Marina Silva (REDE) continua com os 5% que tinha. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Ela foi aplicada no sábado dia 22 e no domingo, 23. Está registrada na Justiça Eleitoral.

Na comparação com outras pesquisas como as do Ibope e Datafolha, a do BGT é a que tem dado maior pontuação a Bolsonaro. Desde o anúncio oficial de sua candidatura no lugar de Lula, Haddad avançou de 8% nas intenções de voto para 16%, e agora para 23%. Ao crescer, começou a tomar votos de Ciro.

A oscilação de Alckmin de dois pontos para cima nos últimos sete dias coincide com o recrudescimento dos seus ataques a Bolsonaro na propaganda eleitoral no rádio e na televisão. Como a oscilação se deu dentro da margem de erro da pesquisa, só a da próxima segunda-feira poderá confirmar se ele de fato cresce ou permanece no mesmo lugar.

Segundo turno – Na simulação de segundo turno, Bolsonaro, no último dia 17, vencia Haddad por 46% contra 38%. Agora, a vantagem de oito pontos caiu para quatro. A rejeição de Haddad é a mesma – 48% dos dois mil entrevistados por telefone dizem que não votarão nele de jeito nenhum. A de Bolsonaro que diminuíra de 51% para 45%, cresceu para 48%.

Fonte:

Deixe um comentário