PDT apoiará Rollemberg…

Ciro Gomes, ao lado do presidente do PDT, Carlos Luppi e do deputado distrital Joe Valle, no lançamento da pré-candidatura, em março, na sede do PDT, em Brasília. Foto: Júlio Pontes/Brasília Capital

O presidenciável Ciro Gomes desembarcou em Brasília nesta quinta-feira (19) para participar amanhã (20), a partir das 11h, da convenção nacional do PDT que confirmará sua candidatura ao Palácio do Planalto. Disposto a garantir o apoio do PSB, Ciro se reuniu com correligionários na sede do PDT para avalia uma possível aliança com o PSB do governador Rodrigo Rollemberg.

Ciro tentou convencer o presidente nacional da legenda, Carlos Luppi, a fazer uma coligação com Rollemberg ainda no primeiro turno. Mas foi demovido, a priori, pelo comando local, inclusive o presidente Georges Michel, a manter a pré-candidatura do ex-distrital Peniel Pacheco ao Buriti e do presidente da Câmara Legislativa, Joe Valle, ao Senado. Mas, caso Rollemberg vá ao segundo turno contra um candidato da centro-direita, terá o apoio dos pedetistas.

Os três deputados distritais do PDT rechaçam um acordo com Rollemberg no primeiro turno. Um dos mais resistentes é o recém-filiado Cláudio Abrantes, eleito pelo PT. Policial civil de carreira, ele cobra do Executivo a paridade dos salários da polícia de Brasília com a Federal. Joe Valle e Reginaldo Veras alegam que Rollemberg descumpriu acordos de campanha com o PDT.

Mesmo com essa divergência no DF, o PDT e o PSB devem caminhar juntos nacionalmente pela candidatura de Ciro Gomes, o que gera expectativa dos socialistas de uma contrapartida na Capital da República. Para isso, o PDT precisaria abrir mão da candidatura de Peniel Pacheco, mas garantiria, no mínimo, uma vaga na chapa majoritária de Rollemberg para Joe Valle concorrer ao Senado.

Fonte: ,

Deixe um comentário