Parque do Cortado é revitalizado

O Parque do Cortado, uma área de preservação de 56 hectares próximo à Feira do Comércio e Indústria (Facita), na QI 25 de Taguatinga, tem cachoeiras com quedas de até 12m de altura em pleno centro urbano. Mas esse patrimônio natural está ameaçado pela ação humana.

No domingo (21), como parte das comemorações do aniversário de Brasília, o governador Ibaneis Rocha – acompanhado do secretário do Meio Ambiente, Sarney Filho; do presidente do Ibram, Edson Duarte; da administradora regional, Karolyne Guimarães; e do empresário Paulo Octavio –, inaugurou mais uma etapa dos melhoramentos na reserva, como parte da compensação ambiental paga pela construtora MRV pela obra do JK Shopping. O investimento é de R$ 2,5 milhões.

Foram plantadas mudas de ipê amarelo, cada uma batizada com o nome de uma autoridade presente. A revitalização é fruto de uma força-tarefa de diversos órgãos do GDF (secretarias de Meio Ambiente, de Obras, de Segurança; Instituto Brasília Ambiental, Novacap, Subsecretaria das Cidades, SLU, Caesb, CEB, DF Legal, Caesb e Administração Regional.

Morador de Taguatinga, o fotógrafo Getúlio Romão reclamou. “Tentei fazer fotos da cachoeira, pois fiquei sabendo que a passarela foi ampliada, mas a passagem estava interditada. Então eu pergunto: inauguraram o quê? A parte mais bonita do Parque continua proibida a visitas até em dia de inauguração”.

Deixe um comentário