OMS corrige avaliação e eleva risco do coronavírus

A Organização Mundial da Saúde (OMS) corrigiu a classificação do risco internacional do coronavírus, após qualificá-lo como “moderado”. Segundo a entidade, houve um erro de formulação na avaliação anterior e a partir dessa segunda-feira (27), o risco é “elevado”.

Por meio de um comunicado sobre a situação, a organização informou que sua “avaliação de risco (…) não mudou desde a última atualização (22 de janeiro): muito alto na China, alto no nível regional e em todo o mundo”. Em relatórios anteriores, a agência especializada das Nações Unidas apontou que o risco global era “moderado”.

“Ainda não é uma emergência de saúde global, mas pode vir a ser”, declarou o diretor da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus. A OMS utiliza esse termo para epidemias que exigem reação global, como a gripe suína H1N1 em 2009.

Até o começo da tarde, os dados oficiais apontavam 81 mortes e mais de 2,7 mil pacientes infectados. Pela primeira vez, uma morte foi registrada em Pequim. Casos de pessoas infectadas já foram registrados na Ásia, na Europa, nos Estados Unidos e na Austrália.

Deixe um comentário