Motorista sem carteira mata ciclista atropelado no DF

Vidro do carro estilhaçado após batida que matou ciclista de 51 anos no DF. Foto: Corpo de Bombeiros do DF/Divulgação

Mais um ciclista morto na Capital Federal. Na noite de terça-feira (2), no Park Way, um Peugeot 206 bateu numa bicicleta conduzida pelo artista plástico Floriano Sampaio, nas imediações da quadra 17.

O veiculo era conduzido por um motorista sem habilitação. Segundo a Polícia Militar, José Batista de Paula, 22 anos, havia comprado o carro há três dias e não possui habilitação. Ainda de acordo com a PM, um teste do bafômetro não indicou o consumo de álcool. A PM encaminhou o caso para a 21ª Delegacia de Polícia, em Taguatinga Sul. Por conta fa falta de efeivos, a 11ª DP, do Núcleo Bandeirante não está funcionando à noite.

O acidente ocorreu nas imediações da residência do ciclista, no conjunto 7 da quadra 17. Ele foi assistido pelos bombeiros mas não resistiu.

Floriano Sampaio, 51 anos, é artista plástico. É o autor da escultura – que aparece na foto -existente no balão da quadra 17 do bairro. Ultimamente, vinha se dedicando a fazer projetos de paisagismo para os balões e trevos do Park Way.

Como artista plástico, Floriano Sampaio se dedicava à produção de esculturas.

BASTA!

Não podemos mais tolerar este tipo imprudência. Só em 2017, dez ciclistas já morreram no DF – fora os que ficaram gravemente feridos. Conscientize-se e participe da campanha #EuRespeitoCiclista. Veja a página da campanha.

É simples: publique uma foto em suas redes sociais com a #EuRespeitoCiclista

Faça sua parte! Todas as fotos serão publicadas também no Brasília Capital

#EuRespeitoCiclista

 

Deixe um comentário