Mercadores chineses foram intérpretes na comitiva de Bolsonaro

Foto: Isac Nobrega/PR

Empresários que lideram o mercado de produtos chineses em São Paulo e em outras capitais foram incluídos como intérpretes na comitiva presidencial para China. O fato ocorreu por meio do deputado federal Fausto Pinato (PP), que comanda as Frentes Parlamentares no Congresso Brics e Brasil-China.

Mario Ye Sui Yong é líder da Feira do Paraguai, no SIA, e tem produtos comercializados também no centro de São Paulo. Thomas Law é filho de Law Kin Chong, que já foi preso por suborno e acusado de contrabando. Ao Palácio do Planalto, os dois mercadores foram identificados como tradutores.

O deputado disse que Mario e Thomas “são dois empresários que possuem bastante atuação dentro da colônia chinesa no Brasil”. Pinato afirmou ainda que ambos dominam a língua chinesa e portuguesa e que são fichas limpas. De acordo com ele, o convite ocorreu por, entre outros motivos, os empresários poderem arcar com os custos de passagem e estadia.

Deixe um comentário