Menos agrotóxicos no prato

Há alguns dias, o governo comandado por Jair Bolsonaro liberou a utilização de diversos agrotóxicos proibidos em outras partes do mundo.
Diante dessa informação, muita gente passou a me perguntar o que fazer para conseguir ter uma alimentação livre de agrotóxicos.

O que posso dizer a todos é que apenas a atitude de nos aproximarmos dos agricultores locais, estimulando a agricultura familiar da nossa região, faz com que a gente consiga conhecer melhor a origem dos alimentos que levamos para casa.

Não devemos jamais deixar de consumir frutas e hortaliças, mesmo que provenientes da agricultura tradicional. Porém, essa proximidade com os produtores pode nos dar maior poder de escolha e segurança na aquisição dos hortifrútis.

Quem nunca foi ao Ceasa no sábado de manhã fazer compras, não sabe o que está perdendo!
Faço esse convite a todos!

Outro passeio interessante é conhecer a fazenda Malunga, maior produtora de alimentos orgânicos do Brasil e está bem aqui no quadradinho, no Distrito Federal. Empoderameto muda a sociedade! E a alimentação saudável faz parte desse processo!

Não é porque o governo federal, por interesses econômicos de seus integrantes e apoiadores age para comprometer a qualidade de nossa alimentação, que nós devemos nos submeter a essa barbárie. Em busca de saúde, temos o direito de buscar outras alternativas.

Deixe um comentário