Maior traficante do DF é condenado a 45 anos de prisão

A pena é a maior da história da capital. Wesley do Espírito Santo, mais conhecido como “Macarrão”, era responsável por aproximadamente metade da cocaína que entrava no Distrito Federal. Ele e outras 10 pessoas foram detidas após 1 ano e 3 meses de investigação da Cord (Coordenação de repressão às drogas). Os comparsas também foram sentenciados no dia 27 de janeiro.

Somente com Wesley, a polícia apreendeu 74kg de cocaína – da mais pura -, além de 36kg de crack, R$150.000,00 em espécie, 18 veículos, 5 armas de fogo e diversos celulares. A venda de entorpecentes foi estimada em R$5 milhões.

Deixe um comentário