EXCLUSIVO: Laerte Bessa volta à Câmara e promete apoio a Bolsonaro

Laerte Bessa (direita) ao lado do então deputado Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados. Foto: Fábio Pozzebom/Agência Brasil

Laerte Bessa (PL) assumirá o mandato de deputado federal nos próximos dias. O ex-deputado é primeiro suplente de Flávia Arruda (PL-DF) que está se licenciando da Câmara dos Deputados para assumir a Secretaria de Governo da Presidência da República.

Ao Brasília Capital, Bessa afirmou que ainda não foi informado oficialmente sobre a vaga, mas adiantou que se “identifica” com a política do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e que pretende integrar a bancada de apoio ao governo na Câmara.

Em 2018, Bessa teve 28.526 votos e foi o segundo mais votado da coligação que tinha PR (hoje PL), PSDB e DEM. Flávia Arruda foi a candidata mais votada da coligação e da eleição no Distrito Federal, com 121.340 votos. Agora, Flávia segue para o Palácio do Planalto, onde assumirá a cadeira até então ocupada pelo general Luiz Eduardo Ramos.

Laerte Bessa é um velho conhecido do presidente Jair Bolsonaro. Quando deputados, ambos integravam a chamada “bancada da bala”, onde defendiam o armamento da população e a pena de morte, por exemplo.

Bessa é delegado aposentado da Policial Civil e foi deputado federal por dois mandatos (legislaturas 2007 a 2011 e 2015 a 2019). Na Polícia, Bessa chegou a ser diretor-geral nomeado pelo então governador Joaquim Roriz, já falecido.

Há dois anos, o parlamentar voltou à cena quando discutiu com o porteiro do prédio onde mora em Águas Claras. Bessa se irritou com o fato de um entregador não poder subir ao seu apartamento e agrediu o funcionário do prédio.

Deixe um comentário