Instrução para aprovação na PMDF

Quem vai fazer a prova da Polícia Militar do Distrito Federal sabe: o tempo é curto e a matéria é longa. Além disso, tradicionalmente, em provas de carreiras policiais, os candidatos não costumam ter bom desempenho em língua portuguesa, uma vez que passam grande parte do tempo se dedicando às disciplinas de direito. Há, todavia, a certeza de que a IADES irá propor uma quantidade significativa de questões de gramática e texto, e isso tende a ser um diferencial nesse concurso. Nas organizações militares, as tarefas e lições são dadas por meio de instruções. Então, preparei a primeira instrução para os que querem ser aprovados na PMDF: como estudar língua portuguesa para a IADES.

1. Indubitavelmente, haverá questões de análise de textos.
Sugiro duas tarefas:
-Resolva provas anteriores da IADES – uma por semana (no mínimo), apenas questões de texto, na ordem em que elas aparecem.
– Leia textos sobre segurança pública – textos recentes (de jornais e revistas) e textos reflexivos acerca do assunto. A IADES tem o padrão de sempre abordar, em suas provas, textos que tenham afinidade com o órgão fomentador do concurso. Dica importante: toda semana, leia os textos que são publicados no site pmdf.gov.br. Eles usaram textos institucionais na prova do CHOAEM.

2. Divido as questões da IADES em dois grupos: as esperadas e as surpreendentes. Isso é importante ao longo da preparação, uma vez que a banca, em algumas oportunidades, explora assuntos raros. Veja:

Questões esperadas: 

-Acentuação (com Novo
Acordo)
-Morfologia
-Concordância
-Regência e crase
-Colocação pronominal
-Vozes verbais
-Funções do QUE
-Semântica das conjunções

Questões surpreendentes:

– Emprego do hífen
-Processo de formação de palavras
-Tempos verbais compostos
-Emprego dos tempos e modos verbais
-Orações reduzidas

Por esse motivo, faça uma boa gestão do tempo ao longo da sua preparação. Gaste mais tempo (e não todo o tempo) com as questões esperadas, mas não deixe de revisar os tópicos surpreendentes.

3. A IADES se aproxima da metodologia de duas Bancas: Universa e Cespe. Aproveite também questões dessas outras bancas, caso seu estoque de IADES já esteja esgotado!

4. Treine duas redações por semana, sempre se baseando no critério de correção adotado pela banca (está no edital). Dê muita atenção à “elaboração crítica”. É a pontuação que a maioria dos candidatos perde! Não caia também nessa armadilha!

Agora, a missão é sua! Desejo que você seja o 01, desde o começo dessa jornada!

Deixe um comentário