Homem mata pelo menos 19 e fere 45 a facadas em clínica para pessoas com deficiência no Japão

divulgação-twitter
Ataque a pacientes foi feito por ex-empregado, que confessou crime e foi preso. Foto: Twitter/divulgação

Depois de assassinatos em massa ocorridos na França e na Alemanha, agora foi a vez do Japão, onde um jovem armado com uma faca deixou pelo menos 19 mortos e 45 feridos numa clínica para pessoas com deficiência na cidade de Sagamihara, a 45 quilômetros a oeste de Tóquio.  

Cerca de 30 minutos depois do ataque, um ex-empregado da clínica, de 20 anos, apresentou-se numa delegacia, confessou o crime e foi preso. “Eu fiz isso”, disse o homem, ao admitir as acusações contra ele.  

A polícia foi acionada às 2h30 de terça-feira (14h30 de hoje no Brasil) por empregados da clínica, que fica dentro de um complexo chamado Tsukui Yamayuri Garden.

Deixe um comentário