Gritaria é o que funciona nas redes sociais

Carla Zambelli (PSL-SP) ocupa a primeira posição no anking de influência dos parlamentares do Congresso Nacional. Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados

A FSB Comunicação divulga, semanalmente, um ranking de influência dos parlamentares do Congresso Nacional. O índice leva em consideração o número de seguidores dos deputados e senadores, o alcance, os posts, a eficiência, as interações e o engajamento registrados no Facebook, no Instagram e no Twitter.

Mais do mesmo — Normalmente, Carla Zambelli (PSL-SP) ocupa a primeira posição. Não foi diferente no último levantamento. Além do grande número de seguidores duvidosos e da gritaria virtual, a deputada foi o assunto do dia no Twitter quando testou positivo para covid-19.

Top 20 — Não só Zambelli entendeu que “gritaria” é sinônimo de sucesso nas redes. Dos 20 mais bem avaliados, 7 são do PSL, ou dissidentes, 3 do PSol e um do PCdoB. Em tendência de queda está o jovem Kim Kataguiri (DEM-SP), eleito com apoio do Movimento Brasil Livre (MBL). Recentemente, um dos líderes do grupo foi acusado de participar de esquema de corrupção em São Paulo. Kim despencou para a 20ª posição.

DF — Entre os parlamentares do DF, a melhor colocada é a bolsonarista Bia Kicis, que perdeu a vice-liderança para o filho zero três do Presidente, Eduardo Bolsonaro. Paula Belmonte (Cidadania) subiu 30 posições e pela primeira vez desde o início do mandato está entre os 70 melhores.

Deixe um comentário