Exportações de peles e couro registram recorde

Em 2013, as exportações de couros e peles apresentou resultado de US$ 2,508 bilhões, um recorde histórico. O valor supera em 20,7% o acumulado do ano anterior, segundo análise do Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB).

As exportações de couros e peles em 2013 apresentaram números positivos ao longo de todos os meses, com o registro de recordes históricos mensais, principalmente a partir do segundo bimestre do ano.

Importantes iniciativas do CICB e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) contribuíram para este cenário. Projetos como o Design na Pele e Preview do Couro, participação em feiras e promoção de comunicação no exterior podem ser citados nesta esfera, bem como o trabalho intenso dos curtumes brasileiros, que demonstraram maturidade e qualidade no atendimento das demandas cada vez mais exigentes do mercado internacional.

Segundo o presidente executivo do CICB, José Fernando Bello, o setor de couros do Brasil espera alguns desafios para 2014, com poucas perspectivas de manutenção de números tão positivos.

O dirigente destaca, principalmente, a não prorrogação do Reintegra (Regime de Reintegração de Valores Tributários para Empresas Exportadoras) e a exclusão do Brasil do SGP (Sistema de Preferência da União Europeia), iniciados em janeiro, como questões que devem dificultar os resultados ao longo de 2014.

Considerando apenas o mês de dezembro de 2013, o valor das exportações de couros e peles alcançou o valor total de US$ 238 milhões, o que significa um crescimento de 27,5% em relação ao mesmo mês do ano passado e um novo recorde mensal. Em relação a novembro, o crescimento foi de 10,5%.

A participação do item nas exportações brasileiras permaneceu em 1%. O item Couros destaca-se no total da pauta nacional da Balança Comercial Brasileira entre os dez itens com recordes registrados nos valores e quantidades exportados em 2013.

Fonte:

Deixe um comentário