Em breve, voltarei

O empresário que já foi considerado o oitavo homem mais rico do mundo está desde quinta-feira (26) na lista vermelha de procurados da Interpol (leia matéria na pág. 12). Mas ele divulgou nota afirmando que se apresentaria “em breve às autoridades”. Imagina se um cidadão comum diz isso à Polícia: “Em breve”…

Alemão – A Polícia Federal encontrou vestígios de uma passagem de avião só de ida para Nova York – no voo American Airlines 974. Um inspetor da PF de Brasília, que não faz parte da investigação, deduziu algumas possibilidades: Eike tem um avião. Não há necessidade de usar voos de carreira. O empresário, apesar de não ter curso superior, tem passaporte alemão. Sua mãe nasceu no país europeu.

Vazamento – A possibilidade ventilada na PF é de que o empresário tenha comprado passagem para os Estados Unidos e, na verdade, viajado para a Alemanha em seu próprio avião. Lá, ele está teoricamente seguro. Não há acordo de extradição entre os dois países. Ainda assim, a PF não trabalha com a hipótese de vazamento da operação. 

Hulk – Nas redes sociais, sugiram boatos de que Eike estaria escondido na “fortaleza do Hulk”. É que o empresário é muito amigo do apresentador da TV Globo, como mostram, por exemplo os posts no Twitter.