É possível eliminar agrotóxicos dos alimentos?

Há muitos anos, a utilização de agrotóxicos no cultivo de alimentos tem sido tema de discussão em diferentes camadas da sociedade. Da sociedade civil não organizada aos institutos de pesquisa e saúde, passando pelas instituições governamentais.

Diversos estudos mostram os riscos à saúde associados à presença de agrotóxicos nos alimentos, incluindo os que ficam ainda maiores como fatores de desenvolvimento de diferentes tipos de câncer.

Um desses estudos revelou o abismo que existe entre a legislação brasileira e a da União Europeia sobre o limite aceitável de resíduos na água e nos alimentos. A contaminação da água é o que mais chama a atenção, com a lei brasileira permitindo limite 5 mil vezes superior ao máximo que é permitido na água potável da Europa.

No caso do feijão e da soja, a lei brasileira permite o uso no cultivo de quantidade 400 e 200 vezes superior ao permitido na Europa. Além disso, aproximadamente 70% dos alimentos no Brasil contêm agrotóxicos em seu cultivo.

A notícia boa é que pesquisas recentes têm mostrado que o bicarbonato de sódio pode ser uma alternativa viável para a redução de dois tipos de agrotóxicos muito utilizados em frutas. O estudo foi feito com maçã e mostrou redução de 80% para o tiabendazol e 96% para o inseticida phosmet.

O procedimento para esses resultados foram: 1) colocaram água misturada com bicarbonato na fruta na proporção de 10 mg/ml ; 2) lavaram a maçã com água da torneira por dois minutos; e 3) deixaram a maçã imersa em solução de hipoclorito de sódio (10 mg/ml) por 8 minutos.

Quer saber mais sobre uma alimentação saudável e segura? Procure um nutricionista!

Deixe um comentário