Dilma celebra posse de Bachelet no Chile

A presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, foi a escolhida para realizar o brinde comemorativo à posse da presidenta do Chile, Michelle Bachelet, na terça-feira (11). Em seu discurso, Dilma exaltou o passado comum de todos os governantes presentes: a luta contra ditaduras, a militância política e os exílios. Segundo a presidenta do Brasil, as experiências políticas que vividas pelos presentes fortaleceu suas visões democráticas e auxiliaram na busca pelo desenvolvimento da região

“Sinto-me muito honrada em poder saudar, em nome dos convidados, a presidenta e amiga Michelle Bachelet, que assume hoje, pela segunda vez, a Presidência do Chile. Querida Michele, o seu país tem um significado especial para todos latino-americanos que aqui encontraram refúgio e proteção. Aqui, muitos defensores da liberdade em nossos países encontraram o “asilo contra la opresión” de que fala o hino nacional chileno”, disse a presidenta do Brasil.

Dilma também lembrou o Dia Internacional da Mulher e ressaltou que atualmente a América Latina possui três mulheres a frente de países – Michelle Bachelet, no Chile, Dilma Rousseff, no Brasil, e Cristina Kirchner, na Argentina.

“É emblemático que somos hoje, com a nossa querida Presidenta Cristina Kirchner, três mulheres a presidir países na América do Sul. Nossa região avança, não apenas em termos de crescimento econômico e desenvolvimento social e humano, mas também e, sobretudo, na igualdade de gênero. Igualdade de gênero que você, Michelle, tanto ajudou a promover, quando ocupou o cargo de Diretora Executiva da ONU-Mulheres”, afirmou Dilma.

A presidenta do Brasil finalizou sua fala com uma frase da presidenta chilena: “Quando uma mulher entra na política, muda a mulher. Quando muitas mulheres entram na política, muda a política”.

Fonte:

Deixe um comentário