Dicas – valiosas – para potencializar os estudos

No período de férias, a maioria dos jovens acorda a hora que quer e acaba ficando sem uma rotina. O café da manhã vira almoço, o lanche da tarde vira janta, e assim por diante. Além disso, os horários de sono, em muitos casos, são até mesmo reduzidos por causa das noites viradas no computador ou nas baladas.

O nosso corpo demora 21 dias para se adequar a uma nova rotina, portanto, no início das aulas será realmente um pouco mais difícil se adaptar aos novos horários e costumes. No entanto, é necessário fazer um esforço para que, no final desses primeiros dias, seu organismo já esteja adaptado ao novos hábitos.

A queixa da maioria dos alunos é o tempo para estudar: a maioria acaba deixando tudo para a véspera da prova e, obviamente, aquelas horas antecedentes ao exame não serão suficientes. Portanto, como nosso corpo demora 21 dias para se adaptar a novas práticas, que tal “forçar” seu cérebro durante esse período para estudar um pouco a cada dia? Assim, no final dessas 3 semanas, você já estará habituado a esse novo costume e até mesmo sentirá prazer em estudar. Acredite: eu sou a prova viva dessa experiência! Nunca gostei de estudar e, após uma palestra no meu colégio, quando estava no 3º ano do ensino médio, resolvi experimentar o método. Foi sucesso total! Até hoje, adoro estudar.

Agora que você já aprendeu uma valiosa dica para potencializar a vontade de estudar, é necessário entender também que nem sempre o estudo está sendo bem aproveitado. Como assim? Ao estudarem, muitos jovens acabam mexendo no celular, no computador, procurando comida na geladeira de 5 em 5 minutos, e por aí vai. Dessa maneira, as informações contidas no estudo serão pouco aproveitadas, visto que nosso cérebro não é programado para realizar diversas tarefas ao mesmo tempo. Portanto, fica a dica: nada de estudar realizando outras atividades ao mesmo tempo. O que pode ser feito é, após um período de 1 hora de estudos ininterruptos, o estudante ir tomar uma água ou comer alguma coisa (nada de refeições muito pesadas!). É importante também a ativação da circulação do corpo, por isso, durante esse intervalo, procure tomar um ar e fazer uma pequena caminhada pela casa – ou biblioteca.

Acho que a maioria das pessoas já sabe, mas não custa reafirmar: locais com muito barulho tiram totalmente a concentração do estudante. Por isso, reserve um lugar arejado e silencioso para seus estudos. Não é necessário muito luxo, apenas uma mesa para apoiar os livros e cadernos e, claro, uma cadeira. Além disso, é importante que a iluminação do local seja boa, pois, caso contrário, a vista pode ser extremamente forçada e, futuramente, prejudicada. Caso seu local de estudo seja seu quarto, nada de realizar leituras deitado na cama. Essa posição estimula a preguiça e o sono. Se, mesmo sentado na cadeira, o sono bater, aí vai mais outra dica: lave o rosto com água fria ou tome uma xícara de café – ou qualquer outra bebida que contenha cafeína ou guaraná. Só não exagere na quantidade, pois estimulante demais vai deixar seu organismo hiperativo.

O clima propício para os estudos não deve se restringir somente às horas pós-aula. Durante o período no colégio, tente aproveitar ao máximo as informações dadas pelo professor e não tenha vergonha de tirar suas dúvidas, mesmo que pareçam ser simples demais. Toda pergunta é válida. Procure, além disso, não chegar atrasado, pois você pode perder conteúdos importantes para o entendimento total da matéria. Caso isso ocorra, procure a ajuda do professor no término da aula. Nunca leve dúvidas para casa!

Além disso, uma boa alimentação pode ajudar no melhor funcionamento do cérebro. Procure não trocar o almoço por sanduíches ou tortas e ingira sempre muitas frutas e saladas. Para completar, tenha sempre ao seu lado uma garrafa de água, pois a desidratação do organismo contribui para a falta de concentração.

Por fim, não deixe de se exercitar e relaxar. Estudar bem não significa estudar demais e por muitas horas seguidas. Todos nós precisamos descansar o corpo e a mente. Caso contrário, nosso cérebro não conseguirá absorver mais informações, porque estará sendo sobrecarregado. Assista a filmes semanalmente, leia bons livros e saia com os amigos. Além disso, nunca se esqueça de ter boas noites de sono. Para se ter uma mente sã, é necessário se divertir também.

 

Natália Ribeiro

 

Deixe um comentário