Crises na saúde e na economia são culpa de Bolsonaro, avaliam brasileiros

As crises econômica e sanitária decorrentes pandemia do novo coronavírus são atribuídas ao presidente Jair Bolsonaro pela maioria dos brasileiros. Segundo pesquisa do instituto Vox Populi, publicada nesta terça-feira (14), 49% dos 1.500 entrevistados por telefone de 25 de junho a 3 de julho consideram negativo o desempenho do presidente no combate à pandemia. 

Para 69%, a crise econômica é a pior da história. O percentual dos que consideram positivo ou regular o comportamento de Bolsonaro no enfrentamento da pandemia ficou empatado em 24%. O desempenho do presidente no governo é negativo para 44%, positivo para 31% e regular para 23%.

No levantamento anterior do Vox Populi, feito em abril, 38% avaliavam o desempenho negativo. Enquanto 35% dos homens consideram o desempenho de Bolsonaro negativo, entre as mulheres a rejeição era de 51% (maioria absoluta).

Deixe um comentário