CEOF aprova projeto que traz parte dos jogos olímpicos para Brasília

Sem título

A Comissão de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF) aprovou, na manhã desta terça-feira (10), o projeto de lei nº 750/2015, que estabelece as condições para recebimento de parte dos jogos olímpicos Rio 2016 em Brasília. O projeto, de autoria do Poder Executivo, tem por objetivo tornar a capital do país uma das cinco sedes que receberão jogos de futebol masculino e feminino da competição.

A secretária de Esportes e ex-jogadora de voleibol, Leila Barros, compareceu à reunião para justificar a importância do projeto de lei para a cidade. “As equipes que jogarão em Brasília passarão mais de 20 dias aqui, o que representará um incremento enorme no turismo da cidade, pois as torcidas acompanham suas seleções. Estamos projetando um total de 400 mil turistas para Brasília, o que é muito positivo. Além disso, os jogos de futebol começam uma semana antes da abertura dos jogos, o que trará também a presença da mídia mundial para a cidade”, defendeu a secretária.

Leila Barros se disse emocionada pelo fato de o Brasil sediar os jogos olímpicos do ano que vem. “Quando cheguei com a seleção brasileira em Barcelona, em 1992, eu tinha apenas 19 anos. Vi toda aquela estrutura e pensei que o Brasil nunca iria conseguir sediar um evento como aquele. Hoje, estou orgulhosa de poder trabalhar na organização dos jogos no meu país”, afirmou.

O deputado Júlio César (PRB), ex-secretário da pasta hoje ocupada por Leila, garantiu que “o governo tem dotação orçamentária para realizar esses jogos em Brasília”. Wasny de Roure (PT) também elogiou a iniciativa: “O projeto engrandece Brasília e prepara a cidade para receber outros grandes eventos esportivos”.

Boleiros – A CEOF também aprovou o PL nº 243/2015, do deputado Ricardo Vale (PT), que transforma em lei o Programa Incentivo ao Futebol Amador do DF, conhecido também como “Boleiros”. O objetivo do projeto é garantir recursos para organizar torneios de futebol amador na cidade por meio de lei, sem depender de programas de governos.


Leia mais:


 

Eduardo Cunha reforça equipe de advogados


Dilma Rousseff diz no Rio que obstruir estradas é crime


Sob nova fritura por petistas e até empresários, Levy ensaia resistência


 

 

Fonte: ,

Deixe um comentário