Caesb anuncia greve

O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos do Distrito Federal (Sindágua/DF) anunciou uma greve dos trabalhadores da Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb) por tempo indeterminado, a partir de meia-noite de quinta-feira (10).

Segundo o Sindicato, a decisão, aprovada pelos funcionários presentes à assembleia geral ocorrida nesta sexta-feira, é motivada pela intransigência da diretoria da Caesb em querer retirar direitos trabalhistas consolidados em Acordo Coletivo, e pelo não atendimento da pauta de reivindicações da categoria relativa à data-base de 2018, com inflação acumulada de dois anos, entregue à Empresa com 80 dias de antecedência do vencimento do acordo.

Ainda de acordo com o Sindágua, os trabalhadores tentaram evitar a greve com a proposta de não terem reajuste salarial este ano, com o fim da perseguição da greve de 2016 e prorrogação do Acordo Coletivo por 30 dias. Porém, não houve acordo.

Abusiva – No ano passado, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) considerou uma paralisação realizada em 2016 abusiva e decidiu que a Caesb deveria descontar até 10% da remuneração líquida mensal dos empregados para compensar 45 dias de paralisação, no total de 90 dias.

Deixe um comentário