Brasiliense é eleito presidente da Contracs

O secretário de Administração e Finanças da Central Única dos Trabalhadores do DF (CUT Brasília), Julimar Roberto, foi eleito presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio e Serviços (Contracs/CUT) durante o 10º Congresso Nacional da entidade que representa 92 sindicatos do país e mais de 3,5 milhões de trabalhadores.

“Nunca na história do Brasil os trabalhadores precisaram tanto dos sindicatos como precisam hoje. E nós temos que manter as nossas entidades vivas para que possamos continuar representando esses trabalhadores. Temos obrigação de estar na base e dialogar com cada um sobre a importância das entidades sindicais, das federações, das confederações e da nossa Central Única dos Trabalhadores. Ninguém solta a mão de ninguém, e nós não vamos soltar a mão dos trabalhadores”, discursou Julimar.

O novo presidente da Contracs/CUT ressaltou que consciência de classe e solidariedade de classe são dois conceitos que devem ser, mais que nunca, colocados em prática e divulgados junto à classe trabalhadora. Para ele, o substantivo feminino “unidade” deve guiar o dia a dia de todos os dirigentes sindicais. “Tenho ouvido por aí que é o momento das negociações e acordos coletivos valerem só para os filiados. Sou contrário a isso. Filiados ou não, nós representamos todos os trabalhadores da nossa categoria. Não podemos cair na onda do individualismo, que é justamente a estratégia desse governo. Nós trabalhamos pelo coletivo”, disse.

Julimar Roberto afirmou ainda que “está determinado a fazer o melhor trabalho possível”, junto com os outros integrantes da nova direção da Contracs, dirigentes de federações e sindicatos, além da CUT. Para ele, “é essencial que se faça uma Contracs forte, que dialogue com a base e que consiga resgatar os direitos que nos foram roubados”.

Deixe um comentário