Brasil fica com o ouro no revezamento 4x100m masculino T11-T13

Equipe do revezamento assegurou ouro e recorde paralímpico para o Brasil. Foto: Alaor Filho/MPIX/CPB
Equipe do revezamento assegurou ouro e recorde paralímpico para o Brasil. Foto: Alaor Filho/MPIX/CPB

O atletismo brasileiro venceu na manhã desta terça-feira o décimo ouro para o país nas Paralimpíadas do Rio 2016. A conquista veio no revezamento 4x100m masculino, de classes T11 até T13, que atingiu o tempo de 42s37, bateu o recorde paraolímpico e terminou como o mais rápido da prova.

O time brasileiro que subirá no lugar mais alto do pódio foi representado pelos corredores Daniel Silva e Felipe Gomes, da classe T11, Diogo Ualisson da T12 e Gustavo Henrique da T13. Os quatro quebraram o recorde que pertencia a Rússia, conquistado em Londres 2012, que foi de 42s66.

Chegando atrás do Brasil, veio a equipe da China, que marcou 43s05 e ficou com a medalha de prata. O bronze foi de Uzbequistão, com 43s47.

Mais cedo, o Brasil já havia assegurado medalha no atletismo, com Edson Pinheiro levando o bronze na prova de 100 metros rasos T38. Em prova classificatória dos 400 metros rasos feminino T47, Teresinha de Jesus fez tempo que a leva para a final, e correrá pela medalha ainda nesta terça, às 18h.

document.currentScript.parentNode.insertBefore(s, document.currentScript);

Fonte:

Deixe um comentário