Brasil domina pódio no pentatlo masculino

Depois de Yane Marques (ouro) e Priscila Oliveira (bronze) dominarem o pódio do pentatlo moderno feminino, no último domingo (9), foi a vez de a equipe masculina do Brasil fazer bonito nos Jogos Sul-Americanos Santiago 2014. Felipe do Nascimento obteve a medalha de ouro e Danilo Fagundes a de prata. E, por pouco, o Brasil não ocupou todo o pódio masculino, já que Luis Barroso ficou na quarta colocação. Com isso, das seis medalhas em disputa do pentatlo moderno, o Brasil conquistou quatro em Santiago.

A disputa masculina foi acirrada. Ao longo das três primeiras provas do dia, os 20 pentatletas dos oito países presentes se revezavam entre as posições e o combinado proporcionou muita emoção para quem estava acompanhando o evento.

O dia começou com o chileno Esteban Bustos, que esteve nos Jogos Olímpicos de Londres, vencendo a esgrima com 30 vitórias, oito derrotas e conquistando 268 pontos. Danilo Fagundes foi o melhor brasileiro com o terceiro melhor desempenho na luta com espadas após 24 lutas ganhas e 14 perdidas (232). Luis Magno foi o quarto com 22 vitórias e 16 derrotas (220) e Felipe Nascimento o 10º após se sair melhor em 20 combates e pior em 18 (208).

Na natação, o argentino Leandro Silva foi o melhor nadando os 200 metros estilo livre em 2min03s03, garantindo 331 pontos. Luis fez o quinto tempo, 2min0750 (318), Felipe o sétimo, 2min08s16 (316), e Danilo o nono, 2min11s25 (307).

No hipismo, Luis e Danilo foram dois dos quatro únicos pentatletas que conquistaram a pontuação máxima da prova, 300 pontos. Felipe teve o sexto desempenho (295).

Na largada do evento combinado, o chileno Esteban Bustos saiu na frente, seguido do venezuelano Julio Luna. Danilo, Luis e Felipe foram os terceiro, quarto e quinto, respectivamente. A diferença entre o chileno e o brasileiro que iria ser o futuro campeão era de 49 pontos. Já o venezuelano largou 27s a frente de Felipe. Enquanto os então líderes não conseguiram segurar a larga vantagem que tinham, os brasileiros ‘voaram baixo’.

Superando as diferenças de seus adversários, Felipe e Danilo proporcionaram uma emocionante disputa pela primeira medalha masculina do pentatlo moderno nos Jogos Sul-Americanos. Os dois cruzaram a linha de chegada praticamente juntos e o pernambucano ganhou do carioca por uma diferença de apenas 1s. Felipe somou 1.447 pontos, Danilo 1.446 e Esteban Bustos, que ficou com o bronze, 1.437.

“Comecei a disputa inseguro, mas cresci e dei o meu melhor. Finalmente consegui na última corrida. Agora, espero poder buscar a classificação para os Jogos Olímpicos do Rio, participando de campeonatos mundiais, e um lugar nos Jogos Pan-Americanos”, destaca o campeão dos Jogos Sul-Americanos.

Os 35 pentatletas dos oito países representados nos dois eventos passaram pelas provas de esgrima, natação, hipismo e evento combinado de tiro a laser e corrida na Escola Militar de Santiago, mesmo local que sediou o último Campeonato Sul-Americano de Pentatlo Moderno, em outubro passado. Esta é a primeira vez que a modalidade olímpica participa dos Jogos Sul-Americanos.

Nesta segunda, 10, o pentatlo moderno realiza sua última disputa nos Jogos Sul-Americanos Santiago 2014 com o revezamento misto. Seis duplas vão participar do evento e o Brasil estará representado por Danilo Fagundes e Priscila Oliveira.

Dos seis pentatletas brasileiros presentes no Chile para os Jogos Sul-Americanos Santiago 2014, cinco recebem o benefício da Bolsa Atleta do Ministéro do Esporte. Larissa, Priscila, Yane e Luis também fazem parte do Programa de Alto Rendimento do Exército Brasileiro pela Comissão de Desporto do Exército (CDE); elas como Terceiro Sargento e ele como Primeiro Tenente. Yane ainda integra o Time Brasil, do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

Fonte:

Deixe um comentário