Ato reúne centenas de trabalhadores no Senado

A Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência Social realizou um ato na manhã desta terça-feira (3) contra a reforma da previdência proposta pelo governo Jair Bolsonaro (PSL). 

Um dos organizadores da manifestação, ocorrida no auditório Petrônio Portela e que reuniu centenas de trabalhadores de várias partes do País, foi o senador Paulo Paim (PT-RS). 

Também fez parte da mesa de trabalhos o deputado distrital Chico Vigilante (PT-DF). “É muito importante, neste momento, abordarmos cada um dos senadores para dialogarmos e convencê-los de que essa reforma é nociva”, discursou o parlamentar brasiliense. 

Vigilante insistiu que “agora é a hora de virarmos esse jogo que estamos perdendo”. Segundo ele, a reforma será “especialmente mais cruel” para os vigilantes, categoria que representa, porque eles terão retirado o direito à aposentadoria especial com 25 anos de serviço. 

“É preciso, efetivamente, sair do discurso e partir para a prática, uma vez que, a única forma de incomodar os governos é com os trabalhadores nas ruas”, concluiu o petista.

Deixe um comentário