Após deixar prisão, Jobson acerta com Brasiliense

Após sair da prisão, o atacante Jobson fechou contrato com o Brasiliense, clube que o revelou. O atleta está com 30 anos e estava suspenso desde 2015 pela Fifa de realizar qualquer atividade relacionada ao futebol. Jobson foi acusado pelo Al-Ittihad, da Arábia Saudita, de se recusar a fazer exame antidoping. Além disso, ficou preso por três vezes, por supostamente ter participado de um estupro de mulheres menores de idade durante uma festa em 2016, por envolvimento em um acidente de trânsito, resultando na morte de um homem, e por ter viajado para o Pará sem autorização da Justiça.

Após a sua liberação da cadeia, o juiz Ricardo Gagliardi, da comarca de Colméia, a 206 km de Palmas (TO), determinou que Jobson cumpra medidas cautelares, como permanecer em casa por determinados horários, não frequentar bares ou sair da região sem autorização.

Depois do clube do DF, o atacante passou por Botafogo, Atlético-MG, Bahia, Grêmio Barueri, São Caetano e Al-Ittihad, da Arábia Saudita. O atacante chega para reforçar o elenco do Brasiliense para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro. O time está no grupo A10, com Iporá (GO), Corumbaense (MS) e Dom Bosco (MT).

Deixe um comentário