Rejeição a políticos atinge até Reguffe

Reguffe no plenário do Senado – até ele foi afetado pela rejeição aos políticos

…que uma pesquisa do Correio Braziliense retrata bem a insatisfação da população com a classe política. Os políticos estão mais rejeitados que ensopado de jiló…

…que se colocar um prato de jiló ao lado de um político, os jilós ganham. Os jilós estão mais populares do que os políticos. Tempos amargos… 

 …que a rejeição atingiu todos os políticos. Até o senador Reguffe (sem partido/foto) chegou a 60% de impopularidade. É como se a feijoada deixasse de ser uma paixão nacional….

…que ser político não é mais status.         Todas as pesquisas mostram esse quadro. Quem é diamante na Mary Kay está mais com moral…

…que Jofran Frejat, candidato em 2014, liderar a pesquisa do Correio, é sinal de que o velho Fusca não saiu de moda…

…que “panela velha é que faz comida boa”. Este poderia ser o slogan de Frejat caso, ele seja candidato ao Palácio do Buriti…

…que o alvo de toda a rejeição é o governador Rodrigo Rollemberg, e que os partidos de sua base já estão com planos de seguir sem ele em 2018…

…que a relação de Rollemberg com a sua base aliada está igual ao cara que tem uma amante: come, mas não assume, e usa até não poder mais…

…que em 2018 a classe política terá que ter muita lábia para conquistar, o eleitor e irá mentir mais do que homem quando quer levar uma mulher para a cama…

…que Brasília em 2019 pode virar Egito – clima de deserto nós já temos – só falta sermos governados por uma múmia… 

Eita Passarinho que sabe das coisas, gente! 

d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);

Fonte:

Deixe um comentário