Segunda baixa: Ministro da Cultura pede demissão

O ministro da Cultura, Roberto Freire (PPS), decidiu se demitir da pasta na tarde desta quinta-feira (18) após denúncias contra Michel Temer. Esta é a segunda baixa no governo nas últimas horas. O primeiro a sair foi Bruno Araújo (PSDB), ministro das Cidades.

Freire respeitou a decisão de seu partido que desembarcou da base de Temer.

Também do PPS, o ministro da Defesa Raul Jungmann afirmou que não vai seguir a decisão do diretório e continuará “no pleno exercício da direção superior das Forças Armadas, em cumprimento das funções para as quais foi nomeado pelo Senhor Presidente da República”.

 } else {

Deixe um comentário