Rollemberg pede desculpa a artista preso durante apresentação com nudez

Mailkon recebeu boas-vindas de Rodrigo Rollemberg, de acordo com o próprio artista. Foto: Reprodução

O dançarino paranaense Maikon Kempinski, detido pela Polícia Militar sábado (15) por “ato obsceno” enquanto fazia uma apresentação que envolvia nu artístico ao ar livre, em frente ao Museu Nacional, recebeu desculpas públicas de Rodrigo Rollemberg. O governador agiu assim por causas da enorme repercussão negativa do caso. Maikon só liberado na delegacia, depois de se comprometer a comparecer à Justiça.

“O governo de Brasília destaca a importância da cultura. Rollemberg e (o secretário de Cultura, Guilherme) Reis lembram que a cultura é sempre bem-vinda à capital da República e lamentam o desconforto causado ao artista, pois o governo acredita, apoia e incentiva a livre manifestação artística”, afirmou o governador, em nota, na noite de domingo (16).

Palco Giratório

A apresentação faz parte do festival Palco Giratório, promovido pelo Sesc. Ela envolve o artista aplicar uma substância seca sobre o corpo, dentro de uma bolha inflável, onde o público pode entrar e permanecer. O artista então, como uma cobra, faz um “rito de passagem” por várias formas do corpo.

Ao G1, Maikon Kempinski qualificou a atuação da PM como violenta. “O governador disse que isso não poderia ter acontecido e que ele entrou em contato com o comandante-geral da Polícia Militar para apurar. Disse que minha arte e eu somos bem-vindos em Brasilia e falou que nos dá total apoio.”
Fonte: G1

One Response

Deixe um comentário