Número de roubos a residências do DF cresce 50,5% em um ano

A estatística demonstra aumento de crimes contra o patrimônio. Roubo a pedestres, por exemplo, também ficaram mais recorrentes: foram 19.859 casos em todo o DF (23,3% a mais do que no ano passado). Roubos a carro totalizaram 2.714 ocorrências no primeiro semestre – aumento de 7,5% em um ano.

De acordo com a secretaria, houve 300 homicídios de janeiro a julho, representando queda de 6,3% em comparação com o ano passado. Os casos de estupro subiram 2,2% no período, totalizando 320 casos neste ano.

Segundo a pasta, a maior parte dos crimes é cometida por pessoas reincidentes, que tiveram passagem pelo sistema prisional. A secretaria informou estar “mobilizando todas as estratégias possíveis junto às forças de segurança pública para enfrentar o avanço da criminalidade”.

Na última sexta (19), a secretária Márcia de Alencar disse que as forças de segurança do DF estão preparadas para receber a Olimpíada. “Estamos prontos. Estamos preparados para todo e qualquer cenário, todo e qualquer desafio. Estamos preparados, principalmente, para celebrar o encontro de nações”, disse.

 


Metade dos veículos do DF está com licenciamento atrasado, diz Detran

Entrega de cartões estudantis do DFTrans é marcado por lentidão

O momento da virada na economia do DF

Fonte:

Deixe um comentário