Perfil falso do Facebook é retirado após ameaça de bloqueio nacional

size_810_16_9_silhueta-facebook
Dado Ruvic/Files/Reuters

 

Na última terça-feira (4), a Justiça Eleitoral de Santa Catarina (RS) determinou a retirada de um perfil no Facebook. O conteúdo da página difamava o candidato à reeleição da prefeitura de Joinville, Udo Dohler (PMDB). Caso a decisão não fosse cumprida, a rede social seria bloqueada em todo território nacional. 

A página, segundo o juiz Renato Roberge, continha informações que degradavam a imagem do político. Tal conduta foi compreendida como cunho eleitoral e era utilizada como objeto de campanha política para desconstruir a imagem de Udo. A lei eleitoral proíbe qualquer material de propaganda política que seja ofensivo ou degradante a quaisquer candidatos.

Em nota oficial, um porta-voz do Facebook afirmou que a decisão de retirada da página será cumprida. “O Facebook tem profundo respeito pelas decisões da justiça brasileira e cumpriu a ordem judicial dentro do prazo estabelecido”, afirmou. 

 

 

 

*Com informações da Agência O Globo