Jornada Mundial da Juventude começa, na Polônia, com homenagem às vítimas do terrorismo

PLRM_Papa-Francisco
Francisco é esperado por peregrinos de todo o mundo nesta quarta-feira (27) em Cracóvia. Foto: Presidência da República Mexicana

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ), um dos maiores eventos internacionais promovidos pela Igreja Católica, começou oficialmente hoje (26), em Cracóvia, na Polônia, e vai até domingo (31). São esperados mais de 2 milhões de peregrinos dos cinco continentes. O papa Francisco chegará amanhã (27), às 16h.

A jornada deste ano tem como tema “Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia” e homenageia o papa João Paulo II, idealizador do evento. A cerimônia oficial de abertura foi a missa presidida pelo bispo diocesano, cardeal Stanislaw Dziwisz, que foi secretário pessoal de João Paulo II (o polonês Karol Wojtila) por muitos anos.

No começo da missa, o cardeal Dziwisz pediu a todos que rezem pelas vítimas do terrorismo. “Rezemos por todas as vítimas do terrorismo nestes últimos tempos. Rezemos pelo sacerdote que foi assassinado hoje durante a celebração da Santa Missa na França”.

O evento recebeu mais de 600 mil inscrições, das quais 13 mil são de brasileiros. Além disso, 150 voluntários do Brasil estão na organização da jornada, que terá participantes de mais de 100 países.

Chama da Misericórdia – Hoje houve a marcha da Chama da Misericórdia. A rota de peregrinação incluiu lugares importantes para João Paulo II na cidade. A Chama da Misericórdia ficará acesa no altar e acompanhará os peregrinos durante toda a JMJ.

A programação da jornada tem 250 eventos que incluem pintura, fotografia, imagens, eventos esportivos, apresentações e espetáculos. Haverá ainda a Copa Católica, torneio de futebol que vai reunir equipes da Europa, América do Norte, América Central, América do Sul e África. A delegação brasileira é a 7ª mais numerosa entre os inscritos.

A JMJ acontece desde 1986 e é a segunda vez que a Polônia recebe o evento, a primeira foi em 1991, quando João Paulo II era papa.  A última JMJ ocorreu no Rio de Janeiro, em 2013.

Fonte:

Deixe um comentário