Hobby: a busca do prazer genuíno para ser feliz

A vida cotidiana é repleta de inúmeras obrigações. Algumas delas são prazerosas. Outras, nem tanto. De qualquer forma, todos precisamos de uma boa dose de um prazer genuíno para sermos equilibrados e felizes.

Prazer genuíno é aquele que não é ligado a nenhuma obrigação. Uma atividade a qual desfrutamos da nossa vontade desde o momento da escolha até a sua execução, e que depois dela nos sentimos extremamente nutridos. Precisamos de uma atividade assim pelo menos uma vez por semana.

Tudo isso nos leva ao conceito de Hobby, uma palavra inglesa que utilizamos no português com o significado de passatempo ou uma atividade que é praticada por prazer nos tempos livres. Ele sempre leva a uma sensação de relaxamento do praticante.

Todos nós precisamos buscar um hobby para a nossa vida. Ele pode variar muito de pessoa para pessoa. Como exemplos, temos: os esportes, o artesanato, a culinária, os estudos específicos, a fotografia, as viagens, as saídas a determinados lugares, a dança, as conversas, dentre muitas outras possibilidades.

Para descobrir o seu hobby, busque aquela atividade que o faz feliz e não a associe a uma obrigação, com tempo e formas definidas. Um hobby sempre deve representar a possibilidade de liberdade e criatividade. Não deve também ser realizado em período integral, se não quiser que ele deixe de ser classificado como um hobby.

Caso queira transformar um hobby em trabalho, não há problema. É sempre muito bom ter como um trabalho uma atividade que nos proporcione prazer. É sabido que, na vida, quanto mais associamos obrigação a prazer, mais chance teremos de sermos felizes e realizados.

Contudo, o que falamos no dia de hoje, é a importância de termos na vida prazeres genuínos. Estes são descritos pela não obrigação.

Caso classifique seu trabalho como um hobby, busque outro meio de satisfação genuína. Aquele o qual poderá descansar sempre e se recarregar para dar continuidade às atividades corriqueiras da vida, das quais não podemos fugir.

 

(*) Psicológa, Neuropsicóloga, Terapeuta Sexual, Especialista em EMDR, Brainspotting e palestrante.

Fonte:

Deixe uma resposta