Você sabe o que é Pequi? “Nunca vi, nem comi / Eu só ouço falar!…”

Muito embora seja uma árvore bem brasileira, natural do cerrado que envolve a pequena área geográfica do DF e que produz um fruto amarelo de forte sabor nas refeições do povo de Goiás, curiosamente, o pequizeiro não é tão conhecido em Brasília, pelo menos em relação às respostas negativas na pesquisa que fiz com amigos residentes próximo à 113 Sul, à exceção apenas de dois apreciadores daqui de casa: eu e meu genro Marcus Paranhos.

De tal maneira, todos ignoravam ou respondiam que eram avessos aos pratos de pequi, que o único jeito foi recorrer à letra do samba do Zeca Pagodinho, cujo tema se refere ao caviar, tido como comida de ricos: “Você sabe o que é Caviar? / Nunca vi, nem comi / Eu só ouço falar!…”.

Para falar a verdade, faz tempo que conheci o pequizeiro de abóbadas amplas, particularmente quando em conjunto de três ou mais árvores, como as que vi pela primeira vez quando fui fazer uma reportagem para a revista Manchete sobre um grupo de hippies que estavam habitando com suas famílias em barracas de lona na serra das Araras, que circunda a cidade de Pirenópolis, onde chegamos após uma cansativa caminhada. Era hora do almoço para as crianças, o que proporcionou lindos flagrantes sacados pelo fotógrafo Gervásio Baptista.

De minha parte, iniciei as entrevistas com os pais hippies, que me explicaram que ali era o local ideal para a farta sobrevivência por algum tempo: os pequis, alimento que seus filhos adoravam. Com sua conhecida filosofia de viver em contato com a natureza, eles demonstraram fraternidade ao nos convidar para almoçar pequi com arroz, que provei e gostei.

Mas, como toda moda é temporária, os hippies sumiram do mapa. Os Pequis, no entanto, continuam abastecendo as mesas dos nossos vizinhos goianos. Portanto, limitei-me a fazer uma pesquisa no Google, fixando-me no item “Os 15 benefícios do Pequi”. E me surpreendi ao deparar com a relevante informação: além das benesses, o pequi consegue incrementar a relação sexual de casais.

Só então deu pra entender porque Goiás é a região brasileira com a maior produtividade de crianças, tanto assim que precisou ser dividido em dois, criando o estado do Tocantins. Concluindo: o caviar pode ter fama internacional, porém não consegue fazer o milagre de multiplicar a produção de filhos, tal qual o pequi, levantando o moral dos maridos goianos!

Por: Fernando Pinto

Deixe um comentário