Viva, Brasília!

Neste sábado (21), Brasília não merece nenhuma reclamação. A hora é de exaltar sua existência, como fazemos com as pessoas no dia de seus aniversários. É o momento de dar parabéns, de desejar paz e vida longa à cidade de todos nós, tanto moradores do Plano Piloto quanto das cidades-satélites.

Neste momento de festa, renasce a espera de que a população do Distrito Federal usufrua, igualmente, com muita alegria, os 58 anos de fundação da Capital de todos os brasileiros. É a hora de reforçarmos os laços de amor, de respeito e admiração que nos unem cotidianamente a ela, mesmo sem percebermos.

Haverá espetáculos em variadas formas artísticas, como música, teatro, dança e cinema. “É a festa que Brasília merece, plural e diversa”, afirma a subsecretária de Políticas de Desenvolvimento e Promoção Cultural, da Secretaria de Cultura, Mariana Soares. Mas a maior festa acontecerá mesmo no coração de cada brasiliense que ama a sua cidade.

Há em Brasília uma miscigenação de culturas trazida pelas pessoas que vieram de todos os estados do País, de uma ponta a outra do mapa, do norte ao sul, do leste ao oeste. Uma mistura de origens que faz da Capital uma unidade da federação com ares de um Brasil inteiro.

Hoje, porém, a cidade tem sua própria geração. Em 2015, o IBGE constatou em pesquisa que 50,3% dos habitantes nasceram no quadrado que delimita no mapa o Distrito Federal. Ainda assim, esses brasilienses, apesar de criar aqui suas próprias manifestações culturais, carregam prazerosamente e sem qualquer preconceito, as que vieram com seus pais e avós.

Juntamo-nos a eles nessa vibração por Brasília e com Brasília!

Festejemos e cantemos parabéns para a cidade que é nossa morada!

Parabéns, Brasília, sua linda!

Deixe um comentário