Vítimas de violência são atendidas no HRAN

Vítimas de violência física, sexual, psicológica e patrimonial ou de negligência têm atendimento médico e psicológico garantido no “Programa Margarida”, promovido no Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), que, apenas nos sete primeiros meses deste ano, notificou 98 casos de agressão.

“Promovemos o acolhimento e acompanhamento biopsicossocial para reduzir os impactos da violência e melhorar a qualidade de vida das vítimas, oferecendo espaço onde possam refletir sobre sua realidade, com vistas à construção de novos projetos de vida”, afirmou hoje a coordenadora do programa, Ana Alice Meirelles.

Em 2011 e 2012, os profissionais de saúde de toda a Regional de Saúde Norte notificaram 409 casos de violência e encaminharam essas vítimas para atendimento junto ao “Programa Margarida” do HARN, que recebe tanto mulheres quanto homens, crianças, adolescentes e idosos.

Os atendimentos são realizados desde 2005, de forma interdisciplinar, por assistentes sociais, ginecologistas, psiquiatras, psicólogos, técnicos em enfermagem e técnicos administrativos.

“O acompanhamento continuado da vítima, por profissional de saúde especializado, favorece a concretização da rede, minimiza a revitimização, favorece o vínculo e contribui muito para a adesão ao tratamento em situações de violência sexual”, comentou Ana Alice.

O “Programa Margarida” funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h, com atendimentos pré-agendados, mas pacientes em primeiro atendimento devem passar pelo acolhimento, que ocorre sempre às quartas-feiras, pela manhã.
ASSITÊNCIA- O trabalho realizado na Asa Norte é um dos 20 “Programas de Pesquisa, Assistência e Vigilância à Violência” (PAVs) do Distrito Federal, estrategicamente localizados nas regionais de saúde que pertencem à “Rede de Proteção às Pessoas em Situação de Violência”.

Todos são coordenados pelo “Núcleo de Estudos e Programas na Atenção e Vigilância em Violência” (Nepav), segundo o qual 2,2mil casos de violência doméstica, sexual e outros foram notificados no DF em 2012.

Mais informações sobre o “Programa Margarida” do HRAN: 3901-3065.

Fonte:

Deixe um comentário