Vítimas de violência doméstica

A Polícia Civil fluminense e o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) assinaram nesta terça-feira (5/3) um termo de cooperação que ampliará o enfrentamento à violência contra a mulher. A parceria, inédita no país, vai permitir a identificação dos autores de agressão. Eles terão que ressarcir aos cofres públicos as despesas previdenciárias geradas pela violência doméstica. A iniciativa pretende acelerar a obtenção de benefícios sociais para as mulheres, como pensão por morte, invalidez ou auxílio-doença.


Segundo a a representante da Advocacia-Geral da União (AGU), Ingrid Pequeno de Sá Girão, “as vítimas ou futuras vítimas poderão se beneficiar dessas ações regressivas pelo seu caráter educativo pedagógico. Por meio dessas ações, que vão pesar no bolso do agressor, a gente visa a inibir futuras agressões”, disse.


Fonte: Agência Brasil

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário