Vendedor de doces é suspeito de abuso sexual

Mais um caso de abuso sexual engrossa as estatísticas do crime no Distrito Federal, e confirma o perfil das ocorrências. O vendedor  de bombons e doces  J.P.A., de 55 anos,  foi preso   na QR 614 de Samambaia, suspeito de ter violentado duas crianças de seis e oito anos. Assim como em 85,5% das ocorrências de fevereiro, o acusado do crime tinha algum vínculo com a vítima.

  
O suspeito é vizinho das vítimas.  Ele  foi preso em flagrante  pela Polícia Militar e levado para a 26ª DP (Samambaia). Uma das crianças teria contado aos policiais que já havia sido vítima dos abusos praticados pelo vendedor. J.P.A. passava as mãos nas partes íntimas  da garota.
 A polícia suspeita que o homem usava a condição  de vendedor de balinhas e bombons para atrair crianças. Conforme a ocorrência,  no celular do suspeito foram encontradas fotos de uma das meninas e de uma outra possível vítima, que até o momento não foi identificada. Ele também armazenaria suas fotografias nu. O  aparelho foi encaminhado para perícia no Instituto de Criminalística (IC).
Fonte: Jornal de Brasília
Extratos dos Jornais

Deixe um comentário