Vendas de material de construção caem

As vendas de materiais de construção encolheram, em fevereiro, com queda de 7% em relação a janeiro e 4% na comparação com igual período do ano passado. Houve expansão apenas no segmento de iluminação (1%). Os melhores desempenhos do país ocorreram nas regiões Centro-Oeste e Norte, onde um terço dos estabelecimentos conseguiu ampliar os negócios, com taxas variando entre 13 e 15%. Já no Sudeste houve redução de 1%.

Os dados foram apurados pela Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco). Na avaliação do presidente da entidade, Cláudio Conz, esse desempenho está dentro do esperado, uma vez que esse período costuma ser um dos mais difíceis do ano para o setor. Em nota, ele destaca que o calendário deste ano antecipou o feriado do carnaval para fevereiro, diminuindo o número de dias úteis pesquisados, com reflexo sobre o resultado. Outro fator que contribuiu para inibir as vendas foi o excesso de chuva, segundo Conz, que levou à interrupção de muitas obras.

Deixe um comentário