Vaza-Jato: veja diálogos inéditos

Foi divulgado na tarde desta quarta-feira (12) mais diálogos obtidos pelo The Intercept do celular do coordenador da Força-Tarefa da Lava Jato em Curitiba, procurador Deltan Dallagnol. O trecho foi divulgado pelo jornalista Reinaldo Azevedo durante seu programa na rádio Bandnews FM, que contou com a presença do repórter do The Intercept Leandro Demori – que confirmou a veracidade do diálogo que consta no dossiê que começou a ser divulgado no domingo (9). 

Em um grupo de procuradores, Deltan relata:

Conversei com Fux mais uma vez hoje. Reservado, é claro.

O ministro Fux disse, quase espontaneamente, que Teori [Zavascki] fez queda de braço com Moro e viu que se queimou e que o tom da resposta do moro foi ótimo.

Fux disse para contarmos com ele para o que precisamos, mais uma vez. 

Só faltou, como bom carioca, chamar-me para ir à casa dele rsrs

Mas os sinais foram ótimos. Falei da importância de nos protegê-los como instituições

O diálogo ocorreu durante o período eleitoral, sob a expectativa da autorização judicial para o ex-presidente Lula conceder entrevista. Foi o próprio ministro Luiz Fux, do STF, quem assinou a liminar que proibiu a entrevista – derrubando uma decisão do também ministro Ricardo Lewandowski.

Logo após relatar a conversa com Fux para os colegas, Deltan envia o diálogo para Sérgio Moro. O ex-juiz e atual ministro da Justiça responde: “Excelente, in Fux we trust” – ou seja: “Excelente. No Fux nós confiamos”.

Deixe um comentário