URGENTE: Moro pede demissão

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, acaba de pedir demissão do cargo. Durante entrevista coletiva, Moro falou por mais de uma vez que preza pela autonomia dos órgãos, inclusive da Polícia Federal.

A saída foi anunciada após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) publicar no Diário Oficial desta sexta-feira (24) a exoneração do ex-diretor geral da PF, Marcelo Valeixo. “Foi me prometido carta branca para nomear todos os assessores, inclusive da PF”, falou Moro.

O ex-juiz revelou a única condição que o fez largar a magistratura e assumir o cargo no Executivo: que sua família fosse amparada, inclusive, com garantias previdenciárias. “Esse foi o único pedido e pode ser confirmado pelo presidente e pelo General (Augusto) Heleno”.

Moro fez um balanço de sua gestão à frente da Pasta. Ressaltou a criação da Secretaria de Ações Integradas e o combate à corrupção e ao crime organizado.

Deixe um comentário