Uma história de superação e de amor ao próximo

Nos primeiros meses de 2018, o arquiteto José Reginaldo Alves se organizava para ser candidato a deputado distrital. Procurava um partido político para se filiar e fazia contatos com possíveis eleitores, dando especial atenção ao Núcleo Bandeirante, onde mora desde quando mudou-se para Brasília, com apenas sete meses de idade.

“Mas esta não era a vontade de Deus”, resigna-se hoje o quase político. Em junho, Renato, como é popularmente conhecido na cidade, sentiu-se muito mal. Ao se internato, foi diagnosticada uma doença grave, que o levou a ser submetido a uma cirurgia de emergência. Da noite para o dia, sua rotina mudou. Em vez de campanha eleitoral, precisou cuidar da saúde. E fez um voto pela vida.

À primeira cirurgia sucederam-se outras. Os dias no hospital se prolongaram e, diante do pesado tratamento, Renato temeu o pior. Mesmo assim, encontrou forças para transformar a própria dor em alento para outras pessoas. Em vez de quedar-se a lamentos e medos, resolveu escrever um livro contando sua história e sua luta. Encontrou apoio de vários amigos e da família.

O esforço de José Reginaldo Alves, o Renato, se materializou no livro “Vontade de Viver”, que ficou pronto em março deste ano. A obra terá dois lançamentos: um em Brasília e outro em Abadiânia, sua terra natal. Toda a arrecadação será doada à Abrace.

“É uma obra para motivar pessoas que estejam passando por momentos difíceis. Trata-se de uma história de superação e de amor ao próximo. Daí a decisão de doar o dinheiro da venda do livro para ajudar no tratamento de crianças atendidas pela Abrace”, conclui Renato.

Deixe um comentário